terça-feira, 8 de novembro de 2011

Lisboa , velha cidade/ Lisbon - old city-





Já faz alguns anos que estivemos em Lisboa. Nosso amigo Dalton acabou de lá retornar e nos enviou estas fotos lindas (olhar de fotógrafo). E ao procurarmos algo para falar sobre Lisboa, já tão cantada em versos por Fernando Pessoa e seus heterônimos, encontramos  os versos abaixo, escritos pelo Nobel de Literatura de 2011.


Lisbon, old city , our umbilical cord to Europe . Praised in so many ways by famous poets and writers, such as Fernando Pessoa, it was also object of attention of Tomas Transtroemer, 2011 Nobel of Literature.



«No bairro de Alfama os eléctricos amarelos cantavam nas calçadas íngremes/Havia lá duas cadeias. Uma era para ladrões/Acenavam através das grades/Gritavam que lhes tirassem o retrato» 

«"Mas aqui", disse o condutor e riu à socapa como se cortado ao meio/"aqui estão políticos". Vi a fachada, a fachada, a fachada e lá no cimo um homem à janela/tinha um óculo e olhava para o mar»

«"Roupa branca no azul. Os muros quentes/As moscas liam cartas microscópicas/Seis anos mais tarde perguntei a uma senhora de Lisboa/"será verdade ou só um sonho meu?"»



Tomas Transtroemer. (Nobel de Literatura de 2011)

Obrigada ao D. pelas fotos

4 comentários:

  1. Muito bonitas as fotos!
    Espero que possa voltar brevemente a Portugal :)
    Abraços
    Barbara

    ResponderExcluir
  2. Fotos muito lindas de uma cidade encantadora.
    Parabéns, Dalton.
    Rosa

    ResponderExcluir
  3. Também esperamos poder visitar Portugal novamente.

    Abraços
    Ana

    ResponderExcluir
  4. Uau! Que fotos lindas!!!
    Belo olhar.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir